domingo, março 25, 2012

Está difícil. Você poderia me perguntar por que eu digo aqui estar difícil. E não num e-mail, por exemplo. Porque aqui sempre foi e é o rio onde jogo minhas garrafas com mensagens dentro e vejo-as indo, indo, sumindo. Se eu te mando um e-mail, você será quase obrigada a ler. Aqui, depende apenas da tua vontade saber. Fica tranquila, porque quase ninguém lê isso aqui e, pra quem não nos conhece, parece tão comum, que não vai repercutir. Você me disse que vinha ler nas últimas semanas. Se não ler, não tem problema, a garrafa segue o curso no rio. Outras pessoas podem até olhar o conteúdo, mas não poderão fazer nada a não ser deixá-la seguir esse curso. Você é a única que pode ler e entender tudo. E deve se perguntar: por que ele está fazendo isso? Não sei bem, também. Talvez pra que vc confirme que não está sendo difícil só pra vc.  Está muito mais difícil do que da primeira vez. Estamos, de certa maneira, juntos nesse momento que queremos passe logo, porque eu sei que vc quer a minha felicidade tanto quanto eu quero a sua. De que maneira for. 
Seguro os meus ímpetos, pra não ser moleque, leviano, não te fazer mais triste do que estamos. E nisso também combinamos: não somos de curtir fossa. Reconhecemos o momento e seguimos nossos rumos, de acordo com os nossos valores, com a ajuda das nossas pessoas mais queridas.
E eu tenho tanta saudade das pessoas queridas que estão aí desse lado... vai chegar o momento em que eu falarei com eles e exporei o que estou sentindo, em relação a eles todos. A sensação de gratidão, de carinho, de reconhecimento, de saudade. 
Não nos arrependamos de ter tentado de novo. Vivemos muita coisa boa, mesmo nesse curto período. 
O silêncio e a distância muitas vezes, como agora, me sufoca. Mas seguro a onda, porque sei que é melhor pra nós dois. Não vem ao caso dizer aqui tudo o que já nos dissemos. Mas tudo ainda é válido, especialmente no último telefonema. 
Hoje eu não tive condições de ir à festinha das meninas. Não sei se você foi. Mas eu não estava preparado pra rever as pessoas, responder às perguntas, aceitar os abraços. Pedi desculpas a eles e fiquei. Espero que tenha se divertido, caso tenha ido. Espero e desejo muita coisa boa pra vc, vc merece o que o mundo tem de melhor, o que as pessoas têm de melhor, você merece simplesmente o melhor. Vc sabe disso. 
Caso leia isso, mande seu comentário numa garrafinha também, ele não é publicado diretamente, depende de mim e eu não vou publicar, por saber que vc não quereria. Eu recebo e guardo. No meu arquivo e no meu coração.
Que você tenha toda a felicidade do mundo. De coração.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home