sábado, abril 26, 2008

O homem enquanto sobe e desce morros tenta livrar-se das pedras, embora as ponha mais e mais no velho saco. Houve porém um instante. Esse instante, que existiu e recortamos dos trilhões de outros instantes, ao ser percebido pelo homem causou-lhe uma inspiração um pouco mais funda. A vontade de alterar o ato que o torna personagem desse parágrafo, naquele instante, teve algo diferente das vontades todas dos instantes outros. Hoje o homem pode ser visto subindo e descendo os morros à sua frente, com um saco de estopa puída repleto de pedras. Mas não sei.

4 Comments:

Blogger Carol said...

Tá contando a história do velho do saco, é??? hahahaha... (sorry, não me contive... é brincadeira, tá). Mas aqui em casa minha usava essa 'figura/imagem' de velho do saco pra assustar meu irmão qdo ele fazia malcriação...
Beijocas!

2:35 AM  
Blogger Madureira said...

em help city paradise, na minha infância, a figura era a da luíza do saco, uma senhorinha humilde. só que minha mãe não soube explicar como a mulher podia ser tão boazinha, quando minha avó dava comida e água todo dia.
*
mas infelizmente essa história que contei no post é um pouquinho mais complicada.

11:55 AM  
Blogger Virgínia said...

Sísifo?

8:57 PM  
Blogger be said...

華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,

1:12 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home